Quanto mais o tempo passa, mais me impressiono com a evolução dos meus filhos.

Hoje fizemos uma redação onde o Caio pôde expressar as ideias dele de como recusar o tabaco. O que mais me completa, é saber que em suas palavras, vejo totalmente a educação que venho lhe dando nesses 15 anos de amadurecimento. Conheça as dicas de um adolescente cheio de sonhos e que têm valores reais familiares e de cidadania:

Olá! Meu nome é Caio Maximo e hoje vou te contar 4 passos para que os jovens recusem o tabaco. 

 – Amizades: Suas amizades serão de suma importância para que você recuse o tabaco, talvez até o passo mais importante. A maior influência está no convívio! Não tenha dúvidas disso! Portanto, cuidado com as amizades! Se você tem um amigo que usa algum tipo de tabaco, instrua sobre o malefício à saúde e as opções que ele tem para manter o equilíbrio em sua vida. Talvez, seja apenas mudança de foco. 

– Familiares: Seus familiares terão um impacto muito grande nessa decisão! Procure ter uma relação saudável e de confiança com seus pais, ou alguém que você admire. Precisamos ter pessoas admiráveis próximas de nós para que tenhamos referências de atitudes positivas. E neste momento, o mais importante é aceitar conselhos. Não se feche para novas opções e novas atitudes, são esses conselhos que irão te motivar a nunca desistir do seu propósito. 

– Não é legal: Fumar é sujo e malcheiroso. Dá mau hálito e rugas. Faz as roupas e cabelo ficarem cheirando a cigarro, e os dentes ficam amarelados. Fumar pode provocar uma tosse crônica e, menos energia para praticar esportes e outras atividades agradáveis. E ainda, leva à morte. Isso tudo é fato! Porém alguns falsos amigos dirão que é mentira, e que suas verdades criadas para consumir o tabaco, são as verdades que você deve acreditar.

– Fumar é caro: Faça cálculos mensais e anuais de quanto se gasta. É só pensar bem e verá que será preciso abrir mão de algo para compensar a decisão por assumir este vício.

E aí? Já não te dei motivos suficientes para que você pense no seu futuro e recuse o tabaco? Se liga!

Mamães, vai uma dica: 

Tenha um relacionamento claro e aberto com seus filhos. Seja referência! Errou? Mostre que é ser humano e cabível de erros. Mas que acima de tudo, assim como você está ao lado do seu filho para enfrentar o que for preciso, ele também precisa ter posicionamento para conduzir sua própria vida, quando você não estiver por perto.

Tatiana Maximo