Para garantir qualidade de vida e longevidade, os cuidados precoces de doenças são indispensáveis para manter uma vida saudável e prevenir possíveis complicações. É fundamental ir ao médico com frequência e realizar os exames preventivos iniciando-se por volta dos 35 anos de idade, com um PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE PROBLEMAS DE SAÚDE, a verificação de doenças predispostas, aliadas à prevenção e cura, que certamente trarão inúmeros benefícios ao paciente.

Devido às alterações hormonais que ocorrem naturalmente no corpo feminino, têm início aqui os processos de envelhecimento gradativo das células. Como resultado, algumas mudanças podem começar a ser observadas, como:

. Desaceleração do metabolismo;

. Perda progressiva de massa muscular;

. Redução na produção de colágeno;

. Aumento do apetite;

. Tendência ao acúmulo de gordura;

Para conquistar uma vida saudável é necessário alimentar de forma equilibrada (Foto: Ba Tik/Pexels)

A perda de massa muscular, que se inicia a partir dos 35 anos e se estende gradativamente até o fim da vida, A diminuição dos músculos ocorre principalmente pela queda de hormônios como a testosterona, o hormônio do crescimento (GH) e a desenervação das fibras musculares por atrofia. Esse fenômeno tem nome: Sarcopenia. Então, mesmo quem sempre fez só exercício aeróbio frequente (corrida, bicicleta etc), não vai evitar essa perda muscular. O melhor para a perda de massa muscular é a musculação. Invista em treino de força. Ganhe músculos e queime mais calorias.

Além dos treinos de musculação, devemos ter uma dieta alimentar que seja…

. Dieta rica em proteínas é a mais indicada para prevenir a perda de massa muscular, quando associada à prática de exercícios de força. Ao ingerimos esse nutriente, aumentamos o processo de síntese proteica, que é a formação de novas proteínas em nosso organismo. É recomendado consumir as ricas em leucinas, como carnes, ovos, soja, proteína do soro do leite (whey), caseína, entre outros. Além da proteína, o consumo adequado de calorias provenientes de carboidratos e gorduras também é importante para a massa muscular, uma vez que a baixa ingestão energética acelera a perda dos músculos.

Para conquistar uma vida saudável é necessário alimentar-se bem, praticar exercícios, não fumar, evitar consumir álcool, diminuir a obesidade e entre outras. Com isso evitamos o sobrepeso e a obesidade, consequentemente os problemas relacionados às alterações de insulina, gorduras no sangue, arteriosclerose e câncer. Não somente por pré-disposição genética as doenças podem se manifestar, mas também a partir de uma série de fatores como o ambiente em que o indivíduo vive, hábitos de vida e alimentação.

Em todas as idades os cuidados devem existir, alguns nutrientes, ricos em vitaminas, antioxidantes, podem ser incluídos na dieta, trazendo resultados como mais energia, calma e equilíbrio

Alimentos saudáveis geram mais energia, calma e equilíbrio (Foto: Cottonbro/Pexels)

ALIMENTOS DO BEM

. Alimentos antioxidantes: eles são responsáveis por retardar o envelhecimento do organismo, pois têm flavonoides, polifenóis e resveratrol. As frutas vermelhas são ótimo exemplo. Além disso, essas substâncias também combatem a intoxicação do corpo, que deixa o metabolismo mais lento.

. Proteínas magras: elas diminuem a velocidade de absorção dos carboidratos de alto índice glicêmico (que são estocados pelo organismo como gordura).

. Aposte em: queijo branco, peixe, cogumelos e frango sem pele.

. Alimentos termogênicos: como falamos, são os que aumentam a temperatura do corpo. Exemplos: chá verde, café, pimenta e gengibre.

. Maracujá e talo de alface: contêm substâncias que induzem o relaxamento e aliviam o estresse.

. Linhaça dourada e sardinha: por terem ômega 3 e 6, gorduras com propriedades anti-inflamatórias, agem sob a célula adiposa e, assim, aceleram o processo de emagrecimento.

. Frutas, legumes e hortaliças: as fibras melhoram o funcionamento do intestino e promovem a saciedade.

 


Chef Andréa Ferreira@chef_andreaferreira

Leve Vida Gourmet – @gourmertlevevida

Tel: (21) 96495-9909