Segundo o Inca, excesso de gordura e sedentarismo são fatores de risco

O câncer de próstata é o segundo que mais atinge os homens brasileiros, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer – Inca.

Foto: Divulgação

Ocâncer de próstata é o segundo que mais atinge os homens brasileiros, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer – Inca. Pensando nisso, todos os anos, a sociedade e a comunidade médica se mobilizam na campanha “Novembro Azul”, para conscientizar sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce desta doença.

O Inca estima que 68.220 novos casos serão diagnosticados no próximo ano. O crescimento deste número se deve, entre outros fatores, ao aumento da expectativa de vida dos brasileiros, uma vez que a idade é um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento da doença, que tem maiores chances de incidência após os 50 anos.

Anuncie aqui!
Anuncie aqui!
Dr Henrique Passos Endocrinologista

Foto: Leonam Torres

Além do fator idade, o sedentarismo e a obesidade também podem elevar o risco de câncer de próstata avançado.

“O excesso de gordura pode gerar inflamações que estimulam a produção de hormônios, alterando as células e podendo causar danos, acelerando o surgimento da doença”, explica o endocrinologista Henrique Passos. “Combinar reeducação alimentar e atividades físicas é um caminho muito bom para combater a obesidade e o sedentarismo”, acrescenta o médico.

Em fase inicial, o câncer de próstata tem evolução silenciosa e pode assemelhar-se ao crescimento benigno da glândula – trazendo ao paciente dificuldade ou aumento da necessidade de urinar mais vezes do que o normal – o que dificulta o diagnóstico precoce e pode diminuir as chances de sucesso no tratamento. Assim, é indicado que todos os homens a partir dos 50 anos façam os exames preventivos.

Os sintomas que levam a maioria dos homens aos laboratórios para iniciar o rastreamento do tumor são:

  • Idade;
  • Dificuldade de urinar;
  • Diminuição do jato de urina;
  • Necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite;
  • Sangue na urina.

Os exames para detecção da doença são o toque retal, uma vez que a próstata fica localizada na parte baixa do abdômen, abaixo da bexiga e à frente do reto, e pela dosagem do Antígeno Prostático Específico, o PSA, que é uma proteína indicativa do crescimento do câncer de próstata, a ser analisado pelo médico urologista.

Instagram: @drhenriquepassos
Marcações: (21)99996-9897
Imprensa Agência DosReis – (21)3592-2110 | pauta@agenciadosreis.com.br

Anuncie aqui!
Anuncie aqui!

Receba nossas novidades

Inscreva-se! É bem fácil, basta preencher com as informações solicitadas.

Nós não fazemos spam. Você pode cancelar a inscrição a qualquer momento.

Quer ter sua matéria publicada aqui?

Envie suas pautas para imprensa@tatianamaximo.com.br, que após aprovação, teremos prazer e colocá-la em nosso blog.

Quer contratar nossos serviços?

Sua marca ou evento pode estar sendo divulgado por nossa equipe ou pela própria Tati. Entre em contato com contato@tatianamaximo.com.br